Veja todos as perguntas e respostas ou selecione categorias de assuntos específicos no menu ao lado.


10 - Quando devo fazer manutenção do sistema de Controle de altura?

Os sistemas são fabricados para efetuar incontáveis ciclos de IHS e controle de corte, mas precisam de revisão e sofrem desgastes com o tempo.

Cada caso é específico e depende da aplicação (corte de chapas espessas, com ou sem aspiração, corte de galvanizados ou alumínio, etc.)

Entre em contato com a AT-BAW e informe-se sobre a manutenção.

7 - A tocha não desce para iniciar o processo?

Verifique se está em modo automático.

Verifique se o sinal de start chegou ao sistema.

Verifique se existe comunicação com o  CNC, em caso de eixo externo.

Procure por falhas de drive/motor, em caso de eixo integrado.

8 - A tocha desce e empurra a chapa para baixo?

Equipamentos BAW possuem sensoriamento inicial de altura por contato ôhmico. Este sistema permite um toque suave sobre a chapa durante a aproximação. Eventuais rupturas de cabo, bocal sujo, contaminantes sobre a chapa (ferrugem, sujeira, peliculas), ou falhas elétricas podem impedir este sensoriamento. Neste caso, vai entrar em ação o segundo sistema de sensoriamento que é por torque do motor  (variação da corrente). Um valor preestabelecido na configuração do sistema é referência para o esforço sobre a chapa. Se o valor estiver alto, maior será o esforço, e pode haver deflexão da chapa. A abertura de arco nesta situação provoca curto circuito e danos aos consumíveis, especialmente o bocal.

Procure manter o sistema por contato ôhmico funcionando corretamente. Se necessário, busque orientações com a AT-BAW pelo telefone (54) 3026-5080.

9 - A tocha sobe ou desce durante o corte, sem manter a distância da tabela?

A velocidade de corte que consta no programa pode causar esta variação de altura.

Se a velocidade é alta demais para o processo (veja a tabela de corte) a tocha subirá durante o controle de tensão do arco.

Se a velocidade for muito baixa, a tocha vai descer e arrastar na chapa, com as devidas consequências, até ativando o sistema de colisão de tocha. Por outro lado, estando habilitado e em bom funcionamento o contato ôhmico, citado na pergunta 8, haverá um sobe-desce da tocha durante o corte, facilmente visualizável.