Perguntas Frequentes

Pode estar sem suprimento de energia.

O responsável pela manutenção da empresa deve verificar  fusíveis e disjuntores e também fazer medição da tensão de entrada do equipamento.

Se estiver tudo certo e defeito persistir, entre em contato com a AT-BAW  (54) 3026-5080.

Os sistemas são fabricados para efetuar incontáveis ciclos de IHS e controle de corte, mas precisam de revisão e sofrem desgastes com o tempo.

Cada caso é específico e depende da aplicação (corte de chapas espessas, com ou sem aspiração, corte de galvanizados ou alumínio, etc.)

Entre em contato com a AT-BAW e informe-se sobre a manutenção.

Alguns fatores podem determinar falhas na qualidade de corte.

Leia o material “Como melhorar a qualidade de corte” na aba SUPORTE deste website.

Para softwares Hypertherm, entre em contato com AT-BAW e pergunte sobre o Plano de Benefícios que oferece treinamento gratuito em alguns casos.

Outros softwares podem receber orientação sobre o processo específico. Entre em contato com a AT-BAW.

Alguns fatores podem causar chanfro.

Observe a peça cortada.

Chanfro por toda a extensão da peça:

Substitua os consumíveis (todos).

Verifique pressões de gás.


Chanfro apenas em um lado da peça:

Confira o alinhamento da tocha.

Substitua capa interna e bocal em fontes HPR.

Teste com outra tocha.  

O uso de peças originais traz o benefício da durabilidade maior, estando o equipamento em dia, contudo, cada processo tem uma durabilidade prevista que pode ser menor em processos maiores.

Consulte material sobre a vida útil dos consumíveis e sobre o eletrodo Silver Plus na aba SUPORTE.

Verifique durante a operação se há incidência de erros de final de arco que podem comprometer em até 20% a vida útil do consumível.  

Caso haja saída de corte longa ou em ponto impróprio, faça alteração na programação da peça.

Sim, mas apenas bico e eletrodo tem o controle de uso. Para verificar, basta estar na tela principal da máquina clicar em ALTERAR CONSUMÍVEL, zerar todas as caixas (minutos, perfurações, erros de arco e milímetros), após clicar em NOVO BICO e NOVO ELETRODO. Lembrando que estes itens devem sempre serem alterados em TOCHA PLASMA 1, e toda vez que bico e eletrodo foram colocados novos toda essa operação deve ser feita.

Será necessária uma planilha à parte para o caso de consumo parcial do conjunto bico e eletrodo, pois o controle é por peça e não por processo. Os dados de utilização no processo 130A vão permanecer os mesmos caso mude para 80A, então deverão ser zerados novamente.

Consulte o roteiro para teste de durabilidade dos consumíveis de fonte HPR, na aba SUPORTE.

Com a fonte desligada, remova todos os painéis e passe ar comprimido.

Consulte MA-04, na aba SUPORTE.

Passe um pano seco para remover pó metálico

Use uma fina camada de micro óleo.

Caso exista acúmulo de escória sobre os trilhos, use uma lixa 220 para ferro.

A BAW recomenda o uso do micro óleo Starret M1, por suas características.

A BAW recomenda NSK-Lub, por suas características.

A fonte HPR tem uma sequência de inicialização que verifica estado e faz leitura de alguns sinais.

Se não estiverem corretos, a sequência é interrompida e um erro é reportado na fonte.

Verifique o este erro e consulte a seção 5 do manual da fonte.

Os mais comuns são a falta de fluxo de líquido refrigerante e baixa pressão de gás. 

Reinicie a fonte algumas vezes para estabilizar o fluxo de líquido e verifique a pressão de gás no regulador conforme o processo em uso. Não havendo código de erro, ou havendo erro 139, entre em contato com AT-BAW (54) 3026-5080.

Consulte o material auxiliar neste site, localizado na Aba SUPORTE ou, Entre em contato com a AT-BAW e agende um treinamento de operação .

Este treinamento pode estar dentro do seu Plano de Benefícios BAW.

Consulte a aba SUPORTE neste site e baixe os manuais MA-01, MA-02, MA-03 e MA-04.

Sim, existe um som característico do corte, mas em estado de espera ela emite apenas o ruido dos ventiladores. Quando estes ventiladores apresentam desgaste por tempo de uso, o som aumenta bastante.  A troca deles está prevista no Programa de Manutenção Preventiva.

Verifique o tempo de utilização do seu equipamento e consulte a AT-BAW sobre Manutenção Preventiva.

Geralmente defeitos de alinhamento da máquina podem refletir no corte.

Entretanto, o programa pode causar diferenças de esquadro, principalmente quando a estrutura da chapa é rompida durante o corte.

Faça um teste cortando um quadrado do maior tamanho possível e medindo diagonalmente nos dois sentidos.

Caso não haja diferença significativa de esquadro nesta condição, verifique com a programação para aumentar a distância da borda ou mudar ponto de entrada de corte que esteja próximo à borda.

Procure por emergências acionadas, falhas nos drivers dos motores e verifique se o botão liga-painel está acionado.

Em máquinas com NR-12, consulte o status do relé de segurança.

As vibrações (ondulações) na superfície de corte apresentam características bastante distintas e podem ter várias causas:

Mecânica (rolamentos ou blocos gastos, acoplamento de motores)

Processo (arco instável, pressão de entrada variável, vazamentos)

Consumíveis (arco malformado, falta de proteção do plasma, consumíveis gastos, tocha com muito uso)

Programação (processo escolhido, velocidade)

Verifique se está em modo automático.

Verifique se o sinal de start chegou ao sistema.

Verifique se existe comunicação com o  CNC, em caso de eixo externo.

Procure por falhas de drive/motor, em caso de eixo integrado.

Equipamentos BAW possuem sensoriamento inicial de altura por contato ôhmico. Este sistema permite um toque suave sobre a chapa durante a aproximação. Eventuais rupturas de cabo, bocal sujo, contaminantes sobre a chapa (ferrugem, sujeira, peliculas), ou falhas elétricas podem impedir este sensoriamento. Neste caso, vai entrar em ação o segundo sistema de sensoriamento que é por torque do motor  (variação da corrente). Um valor preestabelecido na configuração do sistema é referência para o esforço sobre a chapa. Se o valor estiver alto, maior será o esforço, e pode haver deflexão da chapa. A abertura de arco nesta situação provoca curto circuito e danos aos consumíveis, especialmente o bocal.

Procure manter o sistema por contato ôhmico funcionando corretamente. Se necessário, busque orientações com a AT-BAW pelo telefone (54) 3026-5080.

A velocidade de corte que consta no programa pode causar esta variação de altura.

Se a velocidade é alta demais para o processo (veja a tabela de corte) a tocha subirá durante o controle de tensão do arco.

Se a velocidade for muito baixa, a tocha vai descer e arrastar na chapa, com as devidas consequências, até ativando o sistema de colisão de tocha. Por outro lado, estando habilitado e em bom funcionamento o contato ôhmico, citado na pergunta 8, haverá um sobe-desce da tocha durante o corte, facilmente visualizável.

Para a solicitação de orçamento, é necessário o fornecer os seguintes dados: Nome do contato e da empresa, e-mail, telefone para contato, ramo de atuação, prinicpal utilização do item a ser cotado.

Preencha o formulário na aba CONTATO e um especialista entrará em contato.

Cada máquina CNC de corte da BAW foi meticulosamente projetada para atender as diversas necessidades dos nossos clientes.

Entre em contato conosco para conhecermos melhor sua realidade e indicar o melhor produto para o seu caso.

Estamos disponíveis através do telefone (54) 3026 5080 ou através do e-mail info@baw.com.br.

Se preferir, cadastre seus dados na aba CONTATO deste website e aguarde ser contatado por um de nossos especialistas.

Ainda com dúvidas?

Entre em contato

WhatsApp